Visite nosso site
CARREGANDO...

‘Radar Solidário’: App desenvolvido por alunos do UniAcademia auxilia doação de cestas básicas em JF

No items found.

‘Radar Solidário’: App desenvolvido por alunos do UniAcademia auxilia doação de cestas básicas em JF

Um dos maiores problemas enfrentados pelas entidades que fazem coleta e doação de cestas básicas em Juiz de Fora é a dificuldade de realizar uma distribuição uniforme, garantindo que o alimento chegue à mesa do maior número possível de pessoas em situação vulnerável. É o que garante a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) da Prefeitura de Juiz de Fora (PFJF). Justamente por isso, o Radar Solidário, criado em parceria com o Centro Universitário Academia (UniAcademia) e capaz de pôr fim a esta problemática, foi idealizado.

Trata-se de um aplicativo que oferece um controle de estoque (entrada e saída) de cestas básicas para as entidades e permite identificar quais instituições ainda possuem cestas disponíveis. Para receber uma doação, o solicitante deverá informar o número de inscrição social (NIS) do Cadastro Único. Um histórico associado a este número permitirá checar a data em que o solicitante recebeu a última cesta e a instituição doadora, evitando que algumas famílias sejam mais beneficiadas do que outras.

Na medida em que o aplicativo agiliza o trabalho das entidades, Juiz de Fora também é beneficiada com os dados gerados neste processo. Quem não tiver o NIS será direcionado para cadastramento, o que ajudará a administração municipal a localizar as famílias que ainda não estão no CADÚnico, sendo esta a porta de entrada de todo cidadão para receber os serviços públicos oferecidos pelo governo federal. Posteriormente o volume de doações também permitirá obter um mapa georreferenciado das regiões mais vulneráveis do município que demandam maior atenção em termos de políticas públicas para o combate à fome.

Stanley Teixeira, assessor da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH),idealizadora do projeto, explica o porquê de o projeto ser destinado ao atendimento das entidades assistenciais e não diretamente às famílias.

“Entendemos que não faria sentido produzir uma ferramenta para as famílias que, diante da falta de recursos para prover a alimentação básica, também não teriam condições de adquirir um pacote de dados móveis para utilizar o aplicativo. Por isso o app foi desenvolvido pensando nas entidades assistenciais. A população em geral poderá participar com a doação de alimentos nos pontos organizados em toda acidade, tendo a certeza de que as instituições estarão amparadas pelo Radar Solidário para realizar a melhor distribuição possível em todas as regiões vulneráveis. Em uma fase posterior, está prevista a implantação de um novo módulo no Radar Solidário que permitirá às entidades anunciarem suas demandas para que voluntários e doadores ofereçam ajuda.”

A parceria entre a Prefeitura de Juiz de Fora e o UniAcademia foi viabilizada graças à existência de um convênio entre as instituições, que oferece programas de estágio para os alunos da graduação. Esta parceria específica com o curso de Engenharia de Software e Sistemas de Informação, que propiciou o desenvolvimento do aplicativo “Radar Solidário”, entrou em vigor em abril de 2021 e deve ser renovada para a fase 2, a ser realizada em 2022.

“Recebemos a demanda com muita satisfação, principalmente porque dá oportunidade aos alunos do UniAcademia de aplicarem de forma prática o que aprendem na graduação. Mas, mais do que isso, não se trata só de o aluno ir à prefeitura para fazer um estágio, é realmente uma parceria. Esse projeto é coordenado por nós no UniAcademia, os alunos são remunerados pela Prefeitura, mas a orientação, coordenação e acompanhamento é tudo da nossa parte. Então, é um projeto que foi muito bem aceito pelos alunos, principalmente por serem demandas que atendem as necessidades sociais de pessoas da nossa cidade”, comenta Marco Antônio Pereira Araújo, coordenador dos cursos de Engenharia de Software e Sistemas de Informação no UniAcademia.

LANÇAMENTO

O aplicativo “Radar Solidário” foi lançado nesta sexta-feira (10), às 11h, em cerimônia realizada pela Secretaria Especial de Direitos Humanos, da Prefeitura de Juiz de Fora, no primeiro andar do prédio da Rede Ferroviária, e contou coma presença do secretário de Direitos Humanos, Biel Rocha, e a secretária de Transformação Digital e Administrativa, Lígia Inham, além dos responsáveis pelo desenvolvimento do aplicativo. A princípio, cerca de 100 entidades assistenciais serão beneficiadas com o lançamento do aplicativo “Radar Solidário”.

“O aplicativo será entregue às entidades no dia 10 de dezembro de 2021 e já passará pelo primeiro teste durante a campanha ‘Juiz de Fora Solidária no Natal’. Com o feedback das entidades, as modificações necessárias serão implementadas para garantir um uso mais abrangente e intuitivo. A partir de 2022, novos recursos serão implantados a cada atualização, não se limitando às cestas básicas, auxiliando em diversas outras demandas das entidades para garantir que as famílias vulneráveis estejam cada vez mais próximas do exercício pleno de sua cidadania”, afirma Stanley Teixeira.

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente nossos conteúdos sobre ensino superior, carreira e muito mais.

Obrigado! Cadastro realizado!
Algum erro aconteceu. Tente de novo!
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.