Visite nosso site
CARREGANDO...
mercado de trabalho
mercado de trabalho
No items found.

Você sabia que cursar uma graduação pode triplicar a renda mensal do brasileiro? De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), em 2018 o salário médio do profissional formado equivalia a R$5.110 por mês, enquanto pessoas com apenas Ensino Médio completo ganhavam cerca de R$1.727.

Diante desses dados, é possível perceber a diferença que um diploma faz no mercado de trabalho. Além disso, a formação no Ensino Superior ainda possibilita outras vantagens, como o avanço na carreira e melhores oportunidades de emprego.

Ficou curioso para saber mais sobre o assunto? Então continue lendo este artigo!

Importância do curso de graduação

Ao final do terceiro ano do Ensino Médio, geralmente começa a preparação para iniciar a vida no Ensino Superior. São livros e cadernos recheados de anotações, provas e testes voltados para o vestibular e, é claro, horas e horas de dedicação aos estudos.

Ainda que algumas pessoas optem por caminhos diferentes e decidam não entrar numa faculdade, universidade ou centro universitário, é inegável que fazer uma graduação abre muitas portas para o profissional, principalmente no mercado de trabalho.

Vale destacar que o ambiente do Ensino Superior também é o local onde, muitas vezes, o estudante se depara com pessoas diferentes, encara desafios acadêmicos, trabalha a tolerância e o respeito ao próximo. Basicamente, um novo mundo se abre e isso provoca diversas mudanças no modo de pensar e agir, já que o aluno sai da zona de conforto.

Ao ter experiências novas e conhecer realidades diferentes, o crescimento pessoal se expande exponencialmente ao longo dos anos de graduação. Certamente, a troca de conhecimento e de vivência que o Ensino Superior promove é difícil de encontrar em outro lugar.

Nesse contexto, é necessário destacar também que, ao optar por iniciar uma graduação, podem ser escolhidos três diferentes tipos: licenciatura, bacharelado e curso superior de tecnologia. Entenda melhor a diferenças entre eles:

Bacharelado

Essa modalidade de curso dura, em média, de quatro a seis anos. Durante esse período, o aluno tem uma formação teórica e prática sobre a profissão que futuramente vai exercer. No Brasil, grande parte dos cursos de graduação faz parte do modelo de bacharelado.

Licenciatura

Com o objetivo de se tornar professor, a graduação escolhida deve ser a licenciatura. Nessa opção, existem diferentes áreas, como matemática, letras, geografia, biologia etc. Quem se forma nessa modalidade pode dar aulas em colégios de Ensino Fundamental e Médio. Já para ensinar em cursos de graduação e pós-graduação, é necessário ter um diploma a mais, como especialização, mestrado ou doutorado, dependendo da instituição educacional. Em geral, a licenciatura dura quatro anos.

Graduação Tecnológica

Ainda que seja frequentemente confundida com curso técnico, a graduação tecnológica também conta como Ensino Superior. Assim, o valor do diploma de bacharelado, licenciatura e tecnologia é o mesmo. Por ser voltado apenas para a parte prática da profissão, a duração é reduzida, já que o estudante leva cerca de dois a três anos para concluir o curso.

Relevância de um curso de graduação para o mercado de trabalho

Como o Ensino Superior é voltado para a formação de profissionais, não há como desvincular o mercado de trabalho dele. Afinal, esse é o lugar para onde o aluno deverá ir após a graduação. A seguir vamos destacar as vantagens que esse diploma proporciona à vida do profissional:

Melhores oportunidades de emprego

Mesmo em tempos de crise, o diploma faz toda a diferença na hora de conseguir um emprego. Isso acontece porque os empregadores preferem uma mão de obra qualificada a uma sem qualificação. A formação na graduação demonstra, portanto, que o profissional passou anos estudando e se especializando em determinada área.

Por isso, na briga por uma vaga, certamente quem é graduado sai na frente. Aliás, as oportunidades de emprego que fornecem maiores salários e melhores benefícios exigem o diploma de Ensino Superior.

Melhor remuneração

Como já adiantamos, o profissional formado tem um salário melhor do que o do profissional com apenas Ensino Médio completo. Por isso, a graduação completa também permite que o formado consiga se consolidar na profissão, já que, com uma remuneração satisfatória é natural buscar uma especialização com o objetivo de alcançar melhores cargos.

Dessa forma, o curso de graduação deve ser visto como a primeira etapa para conseguir atingir a remuneração ideal. Depois dele, recomenda-se sempre buscar o aprimoramento acadêmico por meio de especializações, mestrados ou doutorados. O segredo para ser um profissional de sucesso é nunca parar de estudar.

Conhecimento aprofundado sobre a profissão

Como o aluno passa um bom período da vida estudando na graduação, o conhecimento que adquire em sala de aula, em casa com os livros ou na internet e nas conversas com os colegas permite que tenha uma visão muito mais aprofundada sobre a sua profissão.

Além disso, a graduação também possibilita que o estudante vivencie o que aprende na teoria. Afinal, uma das fases mais importantes é o estágio profissional, no qual a pessoa une, pela primeira vez, conhecimento teórico e prático da profissão num lugar só. Por meio dele, o aluno não sai totalmente inexperiente da graduação — e isso faz bastante diferença no mercado de trabalho.

Avanço na carreira

Sem um diploma de curso em Ensino Superior, pode haver estagnação por parte do profissional, já que não muitos meios de evoluir, de fato, na carreira. Por isso, além de conceder uma ampla visão sobre as possibilidades de ingresso no mercado de trabalho, a graduação também possibilita um avanço do escopo profissional.

Um diploma permite que seja possível progredir no conhecimento. Afinal, não há possibilidade de ter certificações de pós-graduação sem ter uma graduação, certo? Pense bem: um profissional graduado não somente participa de seminários, como também tem o conhecimento necessário para ministrar palestras e workshops, que, sem sombra de dúvidas, ajudam a alavancar a carreira.

Viu como o diploma de curso superior ainda é muito revelante para quem deseja ter sucesso profissional? Agora, que tal saber a importância de saber se um curso é reconhecido pelo MEC?

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO

Tags

No items found.
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.