Visite nosso site
CARREGANDO...
Ensino

5 motivos para você começar a fazer mestrado agora mesmo!

No items found.
Ensino

5 motivos para você começar a fazer mestrado agora mesmo!

Após completar a graduação, não basta contentar-se com esse nível acadêmico e parar de estudar. Afinal, para ser um bom profissional, alcançar posições de destaque na empresa e conseguir a remuneração ideal, o estudo não deve ser esquecido. Por isso, alguns formados em diferentes graduações, tanto bacharelados quanto licenciaturas, optam por ingressar no mestrado.

Esse é o primeiro nível acadêmico de pós-graduação stricto sensu, que inclui mestrado e doutorado. Com esse título, o mestre consegue atingir novos patamares na trajetória profissional, acumulando diversas vantagens. Deseja conhecer algumas delas? Então, continue lendo este artigo!

Diferenças entre pós-graduação, mestrado e doutorado

Muita gente acredita que a pós-graduação está relacionada ao mestrado e doutorado, e isso não está totalmente incorreto, até porque ambos os cursos são iniciados após a conclusão da graduação. No entanto, a pós-graduação refere-se aos cursos lato sensu, cujo foco é o mercado de trabalho, voltado para a formação mais especializada numa determinada área. Para entender melhor cada uma dessas opções de cursos, vamos destacar algumas características.

Pós-graduação

Em geral, a pós-graduação dura um ano e meio, no qual estão incluídos cursos como especialização e MBA — em português, significa Mestre em Administração de Empresas. Entre eles, destacam-se as áreas ligadas ao Marketing, Administração, cursos focados em gestão de empresas ou projetos em geral.

Mestrado

Nesse caso, o foco é a pesquisa científica, então o curso tem uma perspectiva acadêmica. Dessa forma, o aluno deve produzir uma dissertação, fazer a quantidade de disciplinas exigidas e apresentar a defesa do trabalho em 24 meses. Geralmente, esse curso tem maior carga horária de estudo, exigindo mais tempo e dedicação do mestrando em relação à pesquisa.

Doutorado

Já o doutorado é a segunda etapa da pós-graduação stricto sensu, na qual o estudante costuma ficar quatro anos estudando e, ao final, deve apresentar a defesa da tese. Assim como no mestrado, no doutorado também existe uma lista mínima de disciplinas que devem ser cumpridas. Após completar o curso, ele também pode dar início ao pós-doutorado, que tem o tempo reduzido, já que a duração costuma ser de um ano.

Vantagens ao cursar o mestrado

Não há como negar que um título acadêmico avançado faz diferença na carreira de uma pessoa, certo? Por outro lado, muita gente não conhece os benefícios do mestrado e acredita que ele só serve para quem deseja ser professor.

Além, é claro, de ser uma importante ferramenta para os profissionais que querem ingressar na educação, esse curso também fornece outras diversas vantagens. Conheça agora 5 delas!

1. Acesso a ferramentas e novas técnicas de trabalho

Ao longo dos dois anos de curso, o aluno tem acesso a uma grande quantidade de recursos que vão além do saber proporcionado em sala de aula. Em meio às pesquisas e projetos, os mestrandos conseguem utilizar tecnologias de ponta para avançar no próprio campo de estudo, sendo capazes de criar inovações na área.

Aliás, ao ter contato com professores e outros profissionais, há uma troca de conhecimento que enriquece ambos os lados. Assim, existe maior probabilidade de se tornar um indivíduo mais capacitado para o trabalho que exerce.

2. Tornar-se professor no ensino superior

Certamente, um diploma de mestrado em mãos abre novas portas para as pessoas que desejam lecionar. Na verdade, em algumas instituições, esse é um pré-requisito básico para dar aulas. Em outras, esse título é visto como um destaque entre os candidatos a lecionar num local.

Vale lembrar, ainda, que para lecionar em instituições de ensino superior, é necessário ter um diploma de pós-graduação lato sensu ou stricto sensu. Ou seja, se o seu sonho é dar aula numa faculdade, fazer o mestrado é uma etapa essencial.

3. Ser um especialista na área

Uma graduação tem, em média, quatro anos de duração. Durante esse tempo, os alunos se deparam com uma quantidade enorme de informações sobre diferentes teorias, autores e conceitos. Como é um volume muito grande de conteúdo, nem sempre ele é aprofundado da maneira como deveria. Dessa forma, o indivíduo se forma e, frequentemente, tem uma visão superficial sobre vários assuntos.

Para aprofundar-se em algum deles, entrar no mestrado possibilita que o profissional se torne um especialista da área. Dessa forma, além de ter um conhecimento maior sobre o ramo, ele passa a se diferenciar dos demais e consegue adquirir melhores posições na carreira, tornando-se uma referência naquele assunto.

4. Desenvolvimento do pensamento crítico

Ao fazer as mesmas funções todos os dias, o trabalho pode se tornar mecânico e, com isso, alienar o indivíduo de certa forma. Afinal, muitas empresas se importam mais com a sua mão de obra do que com a possibilidade de troca de conhecimento.

Ao vencer essa barreira com o mestrado e começar a ter um olhar mais crítico sobre a sua própria função, o profissional consegue visualizar melhor aonde quer chegar e o que deseja mudar, tanto no dia a dia da empresa como no impacto que deseja causar com a sua função. Por isso, o ambiente acadêmico possibilita uma visão não somente sobre o trabalho em si como também sobre as questões que o cerca, permitindo que o aluno tenha uma concepção global.

5. Melhor remuneração

Mais uma vez, engana-se quem pensa que o mestrado não é útil para pessoas que não desejam ser professoras. De acordo com a pesquisa divulgada pela Catho Educação em 2018, ter um diploma de mestrado ou doutorado pode aumentar em até 118% do salário.

Conforme os dados divulgados pela pesquisa, um analista com somente ensino superior completo ganha R$3.648,79, enquanto o analista com mestrado ou doutorado recebe R$9.125,64. Isso prova, portanto, que a trajetória acadêmica de um indivíduo pode ser bastante valorizada no mercado de trabalho.

Além disso, quem tem pós-graduação stricto sensu consegue melhores oportunidades de trabalho e, com isso, melhores remunerações. Sendo assim, cursar um mestrado é um ganho tanto pessoal, por expandir o conhecimento de uma pessoa sobre um assunto, quanto profissional. Afinal, ela se torna mais capacitada para atuar na área e isso é valorizado tanto pelos empregadores quanto pelos colegas de profissão.

Deu para perceber que ingressar no mestrado apresenta muitos benefícios, não é? Se você gostou de conhecê-los, já pensa em fazer o curso e deseja que seus amigos também saibam mais sobre esse assunto, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!

Deixe seu e-mail e receba gratuitamente nossos conteúdos sobre ensino superior, carreira e muito mais.

Obrigado! Cadastro realizado!
Algum erro aconteceu. Tente de novo!
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.