Visite nosso site
CARREGANDO...
jornalismo ou publicidade
No items found.

No momento de fazer pesquisa sobre a área de Comunicação Social, saiba que você vai se deparar com opções que podem tornar a decisão um pouco mais difícil. É comum que os futuros graduandos tenham a seguinte dúvida: qual é a diferença entre Jornalismo e Publicidade?

Alguns acreditam que não existem muitas diferenças entre os dois cursos. De fato, os perfis dos profissionais de jornalistas e publicitários é semelhante, por isso ambos se encaixam na área de Comunicação social. Mas cada curso tem a sua grade curricular, as carreiras servem para objetivos distintos e as possibilidades de atuação após a graduação são outras.

Então, pensando em descomplicar esse assunto, decidimos mostrar mais detalhes sobre a diferença entre Jornalismo e Publicidade. A seguir, vamos ajudar você a escolher o melhor caminho para o seu futuro profissional. Continue a leitura e tire suas dúvidas!

Diferença entre Jornalismo e Publicidade

Os dois cursos compõem a área de Ciências Humanas e compartilham algumas semelhanças, mas é importante destacar que, na prática, eles são bem distintas. Para entender um pouco melhor sobre a atuação de ambas no mercado de trabalho, confira os detalhes a seguir:

Jornalismo

O curso de bacharelado em Jornalismo dura, em média, 4 anos e é voltado para pessoas que se interessam por notícias e desejam atuar como repórteres, redatores, produtores, assessores e muito mais.

O mercado de trabalho de Jornalismo é bem vasto. Na área, você pode ingressar em diferentes carreiras, como o Jornalismo Investigativo, Esportivo, Diário, Cultural e Político. Então, para quem tem sede de conhecimento, essa é uma área muito proveitosa!

O jornalista encontra oportunidades na televisão, rádio, jornal, revista e internet. Aliás, o mundo digital é o setor no qual esses profissionais são bastante requisitados. Por isso, grande parte dos jornalistas tem migrado para as possibilidades do ambiente virtual.

Para atuar na profissão, é fundamental ser uma pessoa curiosa, proativa, interessada, dinâmica e que trabalhe em busca da verdade. É importante saber que a rotina do profissional do jornalismo tende a ser bem agitada. É normal, por exemplo, precisar trabalhar durante fins de semana e cumprir horários noturnos.

Ainda que o diploma não seja obrigatório para cargos de jornalismo, saiba que os empregadores seguem optando por profissionais com autoridade e credibilidade na área, além das habilidades que são desenvolvidas nos anos de graduação. As disciplinas mais comuns no curso de Jornalismo são:

  • História do jornalismo;
  • Teoria da comunicação;
  • Comunicação e expressão oral;
  • Comunicação digital;
  • Radiojornalismo;
  • Fotografia;
  • Ética no Jornalismo;
  • Técnicas de reportagem;
  • Redação em jornalismo;

Ao longo do curso, os alunos aprendem a entrevistar outras pessoas, escrever redações para diferentes nichos da área de Comunicação social, apurar notícias, estruturar artigos jornalísticos, entender o código de ética da profissão, entre outras coisas. Logo, eles terminam a graduação com o conhecimento necessário para atuar na profissão.

Publicidade

Assim como o Jornalismo, o curso superior de Publicidade ou “Publicidade e propaganda” também é na modalidade bacharelado e tem duração de 4 anos. O profissional formado tem as habilidades necessárias para promover empresas e produtos dos mais diferentes ramos, nos mais diferentes suportes (redes sociais, sites, outdoors etc).

Sendo assim, ele fica encarregado de realizar campanhas comerciais, passando pelas etapas de planejamento, criação e divulgação. Além disso, caso você escolha essa profissão, é possível trabalhar com pesquisas de mercado, marketing, fotografia e mídia.

Ao contrário do jornalista, que foca na busca pela verdade e transmissão da informação para o interlocutor, o publicitário tem como objetivo vender algo, como um produto, uma ideia, um serviço ou a própria marca. Com isso, o lucro é revertido para a empresa. Portanto, o curso de Publicidade tem um viés bem mais mercadológico que o Jornalismo.

O publicitário, além de ter um perfil profissional atento às novidades do mercado no qual atua, deve se destacar pela criatividade, ser estratégico, proativo e organizado. Para ser capaz de atuar na área, é necessário concluir a graduação, que conta com matérias como:

  • Teoria da comunicação;
  • Redação publicitária;
  • Vendas;
  • Comunicação digital;
  • Criação publicitária;
  • Ética na Publicidade;
  • Marketing;
  • Planejamento publicitário;
  • Pesquisas de mercado.

Ao longo dos anos de graduação, o publicitário se torna capaz de transformar uma marca e deixá-la mais atrativa para o seu público-alvo, despertando nas pessoas o desejo de consumir o que ela tem a oferecer.

O mercado de trabalho de Jornalismo e Publicidade

Entenda um pouco a atual situação do mercado de trabalho para profissionais formados em Jornalismo e Publicidade.

Jornalismo

Você já deve ter ouvido falar que o mercado de trabalho de jornalismo está em crise. De fato, com as evoluções do mundo digital, revistas e jornais impressos deixaram de ser as principais fontes de informação para boa parte das pessoas. Várias empresas ainda estão se adaptando a essa mudança, que impacta o perfil do consumidor do produto do jornalismo.

No entanto, fica claro que a “crise” do mercado de jornalismo tem a ver mais com as empresas do que com os profissionais. Na verdade, a internet ampliou consideravelmente as oportunidades de crescimento na carreira dos jornalistas.

Os diferentes formatos de contar histórias (infográficos, vídeos, blogs, fotografias etc) e os inúmeros canais do ambiente virtual demandam profissionais cada vez mais especializados e comprometidos com os desafios da carreira de jornalista.

Publicidade

O mercado para o profissional de publicidade também se ampliou muito com as frequentes oportunidades do mundo digital. Além de planejar campanhas e peças publicitárias, é fundamental que o publicitário fique antenado nas novidades da internet.

Novos canais de venda e divulgação de produtos levantam novas discussões sobre como as empresas devem se adaptar para conseguir atingir os consumidores. Portanto, o perfil do profissional da publicidade, hoje, deve ser tão dinâmico quanto a evolução das tecnologias.

Como fazer uma boa escolha entre os dois cursos

Vimos que as duas carreiras se diferenciam bastante, embora apresentem várias características em comum. De maneira geral, enquanto o jornalista foca na exposição e discussão de fatos, e não tem a premissa de persuadir o seu interlocutor, o trabalho do publicitário é encaminhar o público dentro da jornada de compra de um produto.

Quem busca o curso de Jornalismo tende a ser um profissional cuja atuação é comprometida com a verdade, interessando-se pela leitura e escrita de diferentes temas e com o interesse genuíno na notícia. Já o publicitário tem um perfil mais versátil, além de ser dotado de um olhar analítico na gestão de campanhas.

Para escolher o melhor caminho, é fundamental considerar seus gostos pessoais e objetivos com o futuro, analisando em qual perfil você mais se encaixa. Desse modo, fica mais fácil fazer uma decisão bem embasada, que não resultará em frustrações.

Lembre-se que também é possível fazer as duas graduações. Afinal, durante os primeiros anos, os alunos de Jornalismo e Publicidade geralmente cursam disciplinas em comum. Se você escolher fazer uma graduação e depois a outra, por exemplo, o tempo para cursar a segunda diminuiria bastante.

Ter duas graduações diferencia o candidato na busca por uma vaga de emprego, possibilitando que ele seja mais qualificado e desejado para o cargo. A decisão de cursar as duas graduações apresenta diversos benefícios:

  • mais possibilidades de atuação na Comunicação;
  • otimização do tempo;
  • segurança sobre qual ramo se deseja seguir;
  • destaque no mercado de trabalho.

Portanto, ainda que muitos acreditem que seja necessário escolher entre uma e outra, saiba que, se desejar e tiver tempo (e disposição), é possível fazer as duas e ficar mais próximo do sucesso profissional.

Dicas para escolher uma boa instituição de ensino

Agora que você conhece bem a diferença entre Jornalismo e Publicidade, é crucial saber o que considerar na hora de buscar uma boa instituição de ensino superior. A qualidade da faculdade na qual você estudou é um critério frequente em processos de seleção em várias empresas. Por isso, separamos algumas dicas para você fazer uma ótima escolha.

Curso reconhecido pelo MEC

Quando os cursos são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) significa que eles foram aprovados em um conjunto de normas que serve para fazer o controle do ensino superior no país. O aval do ministério garante que o diploma seja válido em todo território nacional, inclusive no mercado de trabalho.

Acessibilidade financeira

Ainda que não seja uma preocupação imediata, verifique se a instituição oferece aos alunos programas de incentivo, como bolsas de estudo, descontos, diferentes formas de ingresso, parcelamento estudantil e outras alternativas de financiamento. Isso significa que a instituição é acessível do ponto de vista financeiro e se preocupa com os alunos.

Grade curricular

A faculdade normalmente disponibiliza as grades curriculares dos cursos em seu site oficial. É uma maneira de facilitar a pesquisa de pessoas interessadas. Conhecer antecipadamente as disciplinas ofertadas no curso lhe dá a possibilidade de fazer comparações e escolher a instituição com a abordagem mais completa.

Preparação para o mercado de trabalho

Vimos que o mercado de trabalho para profissionais formados em Jornalismo e Publicidade está bastante disputado. Empresas requerem candidatos cada vez mais qualificados e engajados com as habilidades exigidas no dia a dia de cada carreira.

Por conta desse cenário, é importante que você de antemão verifique se a instituição de ensino oferece respostas para as atuais demandas do mercado. Como saber disso? É fácil, veja se a faculdade ou centro universitário tem parcerias com outras empresas e confira o seu programa de estágio.

Se você está na fase de escolher o curso superior e pensou nas possibilidades da Comunicação social, pense na diferença entre jornalismo e publicidade! São áreas extremamente relevantes no mercado de trabalho, mas exigem perfis profissionais um pouco diferentes. Caso goste de ambos os cursos, veja as possibilidades de fazer os dois!

Gostou deste post? Então, continue a visita ao nosso blog, agora para conferir nosso conteúdo sobre 6 dicas essenciais para escolher uma faculdade de jornalismo.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO

Tags

No items found.
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.