Visite nosso site
CARREGANDO...
design de moda
No items found.

Quando o assunto é design de moda, logo pensamos em desfiles de roupas, sapatos e bolsas, não é mesmo? Mas essa área apresenta diversas oportunidades para os profissionais do setor.

Unindo negócios, arte, criatividade e marketing, esse ramo se revela bastante versátil. Permite que o graduado possa trabalhar com itens desde cintos até joias, seja desenhando-os, seja participando da gestão de empresas focada nesses nichos.

Então, para descobrir se o curso de design de moda combina com você, confira neste post os principais motivos para realizá-lo!

Como funciona o curso de design de moda?

Como já adiantamos, o mercado de trabalho em design de moda é vasto e fornece diversas possibilidades para os profissionais. Sendo assim, é possível trabalhar com desenho de estampas, roupas, calçados, bolsas e acessórios.

O designer também é capaz de gerir empresas da moda, realizando pesquisas de mercado, criando estratégias de marketing e cuidando da parte de vendas e promoções do negócio.

No entanto, não basta ter habilidade e tentar a sorte de mergulhar nessa área sem ter um diploma. Afinal, com o mundo cada vez mais competitivo, ter concluído uma graduação faz toda a diferença.

Para que você entenda melhor como funciona esse curso, separamos as principais informações a respeito dele.

Modalidades

Antes de se se matricular, é necessário escolher a modalidade tecnológica ou o bacharelado. O primeiro dura dois anos, enquanto o segundo tem duração de quatro.

Por ter um tempo reduzido, o tecnólogo apresenta um ritmo intenso para condensar a grande quantidade de conteúdo. Já no curso bacharelado, com uma duração maior, os alunos contam com bastante aulas sobre os mais variados temas, desde conceitos de marketing até modelagem têxtil.

Rotina

Durante os anos de graduação, os alunos têm contato com teoria e prática a todo instante. Assim, visitam fábricas e lojas, participam de congressos e seminários, leem revistas e sites especializados, além de terem as aulas nas universidades.

Disciplinas

Quem estuda design de moda encara disciplinas de gestão e criatividade ao longo do curso. Afinal, além de saber desenhar e confeccionar, é importante entender de vendas e administração. Em geral, os estudantes têm as seguintes matérias:

  • Desenho;
  • Composição Visual e Estudo da Cor;
  • Modelagem;
  • História da Arte;
  • História da Moda;
  • História do Design;
  • Pesquisa e Criação de Moda;
  • Marketing;
  • Gestão;
  • Estudo de Tendências;
  • Criação de Coleção.

Por que escolher o curso de design de moda?

Existem muitos benefícios ao cursar design de moda, especialmente, se você é uma pessoa criativa, tem interesse em aulas práticas e, é claro, no mundo da moda.

Caso o seu perfil seja compatível com essa carreira, saiba que contar com um diploma em mãos abre portas para o mercado de trabalho. Então, confira alguns motivos para fazer a graduação nessa área.

Variedade nas áreas de atuação

Ao cursar design de moda, o graduado pode atuar em diferentes atribuições. Por exemplo, se quiser ser personal stylist, basta ir para o ramo da consultoria.

Se preferir a fotografia, é possível trabalhar tirando fotos para revistas e catálogos de moda. Outra opção é o estilismo, em que o profissional cria desenhos de variadas peças, como roupas e bolsas.

Ainda existe a opção de participar da produção dos desfiles e eventos do tipo ou produção de editoriais de moda. Além disso, há a modelagem, cujo designer é responsável por produzir os desenhos dos estilistas.

Aulas práticas

Por ser praticamente 50% teórico e 50% prático, o curso de design de moda não é maçante e nem entendiante, já que os alunos costumam adorar as aulas práticas, que ocupam metade da grade curricular.

Eles têm acesso a estúdios e laboratórios de moda na própria faculdade, podendo realizar projetos experimentais e análises para aprimorar o conhecimento.

Formação integral na área

Como os estudantes têm contato com disciplinas tanto da parte da criação quanto da gestão, eles saem da graduação preparados para atuar nas mais variadas áreas no mercado de trabalho da moda.

Assim, podem optar pelo caminho que mais desejarem de acordo com objetivo profissional e gosto pessoal, pois o diploma de graduação atesta que eles têm capacidade para exercer a profissão.

Melhoria do currículo e networking

Certamente, você já ouviu falar de um ou outro caso de pessoas que tiveram sucesso sem ter um diploma de graduação, não é mesmo? No entanto, essa é a minoria, já que uma formação em ensino superior ainda apresenta altíssimo valor para o mercado de trabalho.

Além disso, ao ter contato com outros alunos e professores que atuam no ramo, o networking é ampliado e ainda existe a possibilidade de conseguir trabalhos incríveis por meio de contatos feitos no curso.

Desenvolvimento da criatividade

A criatividade é comumente vista como uma característica inata, mas até quem não se considera muito criativo pode mudar isso ao fazer design de moda. Isso porque os alunos são estimulados a desenhar looks e acessórios, criar e confeccionar coleções de peças do vestuário.

Aliás, até pessoas que não sabem desenhar eventualmente acabam aprendendo, já que existem aulas como Desenho Geométrico, Desenho Estilístico e Desenho Técnico de Moda durante a graduação.

Participação em eventos de moda

Outro ponto positivo ao entrar num curso superior no ramo da moda é poder participar de eventos promovidos pela própria universidade. Assim, os estudantes se envolvem com a preparação do desfile, organizando a sua estrutura, desenhando as peças e orientando a entrada das modelos.

Esses desfiles geralmente são abertos ao público e contam com participações especiais. Dessa forma, os alunos têm uma experiência real sobre como funciona um evento de moda e ainda podem receber feedbacks dos profissionais presentes.

Cursar o ensino superior em design de moda é uma escolha bastante adequada para quem tem interesse nessa área. Afinal, como foi possível perceber, essa decisão apresenta muitos benefícios para o futuro designer. Assim, ele é capaz de alcançar posições de destaque no mercado de trabalho e atuar na área de mais afinidade.

No entanto, para que essa experiência seja realmente benéfica, é importante escolher uma instituição de ensino bem qualificada. Se você tem dúvidas sobre como fazer essa decisão, veja este post e saiba mais sobre o assunto!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO

Tags

No items found.
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.