Visite nosso site
CARREGANDO...
pós-graduação em juiz de fora
No items found.

Alguém no trabalho ou na sua vida pessoal já disse que seria uma boa você fazer uma pós-graduação? Em Juiz de Fora, por exemplo, existem excelentes oportunidades de complementar os estudos e conquistar um novo patamar na carreira.

A capacitação, seja em pós-graduação lato sensu (especialização e MBA), seja stricto sensu (mestrado e doutorado), é algo muito especial na trajetória de qualquer pessoa. Afinal, por meio dela, é possível aprender novos assuntos, aumentar a sua rede de contatos, pleitear uma promoção no trabalho, ter a possibilidade de conquistar uma vaga em concurso público, entre outras vantagens.

Neste post, você verá 7 dicas para escolher uma pós-graduação sem muitas dificuldades. Acompanhe a leitura até o fim e confira!

1. Considere o momento atual da sua vida

Sabemos o quanto é difícil escolher uma profissão e, atrelada a essa escolha, a decisão a respeito da continuidade dos estudos. Afinal, o caminho do aprendizado é contínuo. Levar em conta o momento atual da sua vida é de suma importância para conhecer melhor os seus objetivos e entender como uma especialização pode impactar positivamente a sua trajetória.

Faça um planejamento detalhado do que é necessário realizar para efetivar a matrícula em um curso de pós-graduação, colocando no papel as possibilidades profissionais que podem surgir daqui em diante, o orçamento para o ciclo estudantil e as metas posteriores ao término do curso. É essencial ter em mente um plano de carreira muito bem estruturado e focado nesse conceito, a fim de obter sucesso.

Nesse sentido, é fundamental fazer um planejamento financeiro antes de começar uma pós. Para tanto, você deve avaliar a sua situação financeira atual, verificando possíveis gastos supérfluos e contas fixas e, assim, definir o seu limite orçamentário.

Portanto, nessa etapa, é importante gastar a sua renda de forma consciente, poupando e investindo o seu dinheiro, a fim de criar uma reserva destinada ao pagamento da pós-graduação.

Saiba que existem muitas instituições que disponibilizam incentivos como bolsas, descontos e convênios com empresas para oferecer melhor custo-benefício aos alunos. Portanto, vale a pena analisar essas possibilidades nas opções de instituição pesquisadas.

2. Busque opiniões de amigos, familiares e conhecidos

Compartilhar uma dúvida com pessoas próximas, principalmente do seu convívio social, é uma forma de buscar um amparo sobre uma decisão importante. Pode até parecer algo simples, mas a opinião de amigos, familiares e meros conhecidos tende a influenciar a sua tomada de decisão a respeito do curso pretendido.

Faça uma pequena pesquisa com o máximo de pessoas que conhecer e veja quais são as opiniões sinceras sobre as instituições que valem investir, mas sempre ponderando comentários exagerados tanto para o lado positivo quanto negativo. Essa prática é importante porque traz uma boa amostragem de informações e, com isso, a escolha pela melhor faculdade não se tornará um fardo tão grande.

No entanto, não faça a sua decisão exclusivamente pela opinião alheia. É importante levá-la em consideração, mas não se guiar apenas por ela. Nesse sentido, é necessário fazer uma pesquisa a fundo sobre as possibilidades de instituições.

3. Investigue a relevância da instituição

Obviamente, você não fará a matrícula na primeira faculdade que disponibiliza uma pós-graduação em Juiz de Fora, não é verdade? Assim como qualquer transação comercial na vida, precisamos pesquisar a fundo se o serviço oferecido compensa, pois o seu tempo será investido em algo que necessita ter um bom custo-benefício.

Para efeito de segurança, é primordial perceber se a instituição dispõe de toda a estrutura indispensável para fomentar o aprendizado, disponibilizando recursos humanos e tecnológicos capazes de elevar o conhecimento dos alunos. Vá atrás de indicadores que reforcem a experiência da universidade, tais como o número de matrículas por semestre, o grau de satisfação de ex-alunos, avaliação pelo Ministério da Educação (MEC), prêmios etc.

Além disso, verifique se a instituição apresenta tradição e credibilidade. Para isso, basta verificar o seu histórico e, é claro, conversar com ex-alunos e pessoas que estão no mercado de trabalho. Certamente, elas poderão dizer se o local é devidamente reconhecido e prestigiado.

4. Observe os cursos disponibilizados

Além de destrinchar o passado e o presente da faculdade, você precisa identificar se os cursos oferecidos na pós-graduação realmente são dignos de um ensino de qualidade. O primeiro passo é averiguar se o curso é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), pois essa informação é relevante não só pela imagem da instituição, mas como segurança de disputar uma vaga em igualdade com outras pessoas.

Lembre-se de que, caso o curso não seja devidamente reconhecido pelo MEC, o seu diploma não terá valor. Dessa forma, você terá perdido um bom tempo da sua vida se dedicando a um curso que o mercado de trabalho não poderá avaliar. Isso seria um pesadelo, não é mesmo? Portanto, tome muito cuidado nessa etapa.

Veja, ainda, quantas opções de cursos o centro universitário dispõe e como é a carga horária, pois, normalmente, a pós-graduação costuma durar de 6 a 18 meses, tendo a possibilidade de chegar a até 24 meses. A grade curricular é um ponto a se valorizar também, porque as matérias aplicadas devem ser complementares à experiência vivenciada na graduação — com o adendo que a intenção é se especializar.

Portanto, faça comparações entre as grades das instituições e escolha aquela que mais se encaixa com os seus objetivos profissionais e apresenta melhores possibilidades de aprendizado. Se você notar que as disciplinas são muito abrangentes e oferecem "mais do mesmo", já sabe que esse local não será uma boa escolha, certo?

5. Pesquise a experiência dos professores

Muita gente acaba não ligando para esse tipo de informação antes de começar um curso, mas depois pode se arrepender amargamente quando as aulas vão se transcorrendo e a percepção é de que o docente não sabe o mínimo exigido. Por isso, vale pesquisar sobre a experiência dos professores escalados para ministrar a pós-graduação, porque isso conta muito na hora de aproveitar o curso da melhor maneira possível.

Sites como Escavador, Lattes e LinkedIn são ótimas ferramentas para identificar as competências apresentadas pelos professores, pois você terá à disposição as principais informações a respeito do currículo de cada um. Inclusive, dê preferência a instituições que contam em sua grade com mestres e doutores, pois esse é um diferencial de aprendizado que pode ser determinante na sua carreira.

Além disso, verifique se eles têm trabalhos publicados, participação em congressos e experiências profissionais anteriores que sejam relevantes. Todas essas informações vão ajudar você a identificar o nível de qualificação desses profissionais.

6. Verifique as modalidades oferecidas

Tão importante quanto escolher uma pós-graduação, está a decisão de como fará esse curso, isto é, se optará pelo ensino a distância ou presencial. Qualquer uma das alternativas, dependendo do nível do centro estudantil, pode ser uma excelente escolha, desde que o seu planejamento seja considerado desde o início.

Observe como é a sua rotina, o horário de trabalho, o tempo que pode dedicar para o estudo e em quais momentos consegue se concentrar melhor. A partir dessas informações fica muito mais tranquilo ter uma decisão acertada sobre o curso. Assim, o seu ingresso novamente à faculdade não prejudicará nenhum outro campo da sua vida e haverá equilíbrio entre o lado pessoal e profissional.

Não existe uma modalidade melhor, mas há aquela que mais combina com o seu perfil e a sua realidade no momento. Por exemplo, cursos a distância tendem a interessar pessoas que procuram maior flexibilidade e autonomia, por conta da rotina corrida, além de preços mais atrativos.

Enquanto isso, cursos presenciais são voltados aos que não desejam abrir mão da troca em tempo real em sala de aula e precisam de contato direto e ao vivo com o professor para conseguirem absorver melhor o conteúdo.

Então, nessa etapa, é importante fazer uma autoavaliação e verificar quais são as suas prioridades. Perceba que a pós fará parte de uma das suas principais responsabilidades, por isso não adianta fazer a matrícula e depois precisar abrir mão porque fez uma escolha que não corresponde com a sua necessidade.

Se você quer muito fazer uma pós-graduação presencial, mas vive atolado no trabalho, não será proveitoso correr o risco de perder as aulas presenciais frequentemente, por exemplo. Portanto, saiba fazer a decisão de forma racional.

7. Veja as formas de pagamento

Embora tudo pareça muito bonito até aqui, sua escolha também precisa ser amparada pela questão orçamentária, ainda mais em uma época em que os índices de desemprego só aumentam. Por isso, é necessário ter uma reserva para garantir o pagamento das parcelas. Apesar de o ProUni não ter bolsas destinadas à pós-graduação, existem outros meios tão ou mais interessantes para realizar o curso.

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e demais modalidades de crédito estudantil, por exemplo, podem ser utilizados para ajudar os alunos a ingressar na pós-graduação. No entanto, lembre-se de que é preciso ter uma boa educação financeira, de modo a investir bem o dinheiro e não deixar pendências futuras com a instituição de ensino ou órgãos competentes que fomentaram o financiamento.

Para finalizar, vale reforçar a importância de fazer uma pós-graduação em Juiz de Fora que tenha realmente qualidade no ensino e, consequentemente, todo o suporte necessário para auxiliá-lo a crescer na carreira profissional.

Se você gostou deste post e ficou na curiosidade de saber um pouco mais sobre o nosso centro de ensino superior, então entre em contato com a gente para tirar todas as suas dúvidas quanto antes!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO

Tags

No items found.
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.