Visite nosso site
CARREGANDO...
técnicas de estudo
No items found.

Estudar de forma produtiva e eficiente é fundamental para alcançar os resultados esperados e otimizar o tempo dedicado a essa atividade. As técnicas de estudo oferecem ferramentas que otimizam esse momento, melhorando o desempenho e a retenção dos conteúdos e sendo muito importante para quem deseja realizar provas competitivas.

Algumas dessas técnicas ajudam a organizar melhor a rotina para estudar o máximo de conteúdos necessários, de modo efetivo e com uma boa compreensão dos assuntos. Além disso, elas contribuem para manter a concentração, evitando as distrações e outros hábitos que prejudicam o estudo e o desempenho.

Por isso, trouxemos sete técnicas de estudo que podem ser aplicadas para otimizar o seu tempo. Confira nossas sugestões!

1. Estudo intercalado

O estudo intercalado é a prática de rotacionar as matérias de forma aleatória. A troca de disciplinas e assunto ajuda a manter a concentração nos conteúdos, contribuindo para que você consiga estudar por mais tempo.

Quando a pessoa fica horas seguidas em um mesmo tema, é normal que a concentração seja prejudicada, pois o cérebro começa a se acostumar com o assunto. Desse modo, trocar as matérias depois de certo tempo é uma estratégia para retomar o interesse e a motivação, estimulando o pensamento de forma diferente.

Essa é uma das técnicas de estudo mais eficazes para as matérias que exigem raciocínio lógico, principalmente as da área de exatas. Por meio dela, é possível alternar as diferentes disciplinas sem esgotá-las, tornando o aprendizado completo e um pouco menos cansativo.

2. Mapas mentais

A elaboração de mapas mentais é uma forma eficiente de resumir as principais informações de um conteúdo. A técnica funciona por meio da criação de um diagrama com palavras, ícones e flechas, a fim de tornar a visualização mais lógica.

Desse modo, o mapa funciona como um resumo práticos dos conceitos estudados. Na elaboração, é importante utilizar a criatividade, diferentes formas, cores e deixar o material de forma destacada. O conteúdo precisa ser atraente e organizado para trazer o efeito desejado.

Essa técnica também é interessante para quem deseja economizar tempo na hora das revisões, mantendo um conteúdo consolidado e resumido. A principal vantagem que ela oferece é a possibilidade de fazer associações entre os temas, diminuindo a necessidade de memorização e facilitando o aprendizado.

3. Releitura

A releitura é uma técnica simples que costuma ser mais eficaz do que simplesmente grifar ou sublinhar trechos determinados de um conteúdo. Essa prática é um modo interessante de memorizar os conhecimentos vistos, pois ela possibilita ao estudante retornar ao conteúdo com uma bagagem prévia, sendo capaz de facilitar a elaboração de ideais complementares.

A fim de aproveitar melhor esse método, é fundamental fazer a releitura imediatamente depois de ler, quantas vezes você achar necessário. Também é possível fazer pequenas anotações dos trechos mais importantes, contribuindo para a assimilação do conteúdo.

4. Fichamento

A leitura atenta dos conteúdos é fundamental, entretanto, não é interessante parar nessa fase, sem continuar com outras estratégias. Além de ler, é essencial reorganizar as informações adquiridas com as suas palavras, pois isso contribui para a assimilação e compreensão do que foi lido.

Os fichamentos — sínteses esquemáticas de cada conteúdo — são uma forma eficiente de estudar. Por meio deles, você reúne as informações mais importantes sobre um livro ou assunto, por exemplo.

Desse modo, é possível encontrar rapidamente matérias e disciplinas que precisam ser reforçadas, sem perder tempo com uma leitura completa dos materiais. Isso traz agilidade para o estudo e permite que as revisões sejam, de fato, eficientes.

5. Testes práticos

A realização de testes práticos sobre a matéria estudada é outra estratégia interessante de aprendizagem. Esse método consiste na simulação de uma prova, o que também ajuda na preparação para o momento de um concurso, vestibular ou avaliação.

O interessante é realizar o máximo de exercícios possíveis, para melhorar a assimilação dos conteúdos, o que pode ser feito com ajuda de dispositivos online. Ao escolher esse método, é importante refazer as questões que mais apresentam dúvida e as quais foram respondidas de forma errada. Não basta responder de qualquer jeito, é preciso entender o assunto abordado.

Essa análise permite verificar se você realmente entendeu determinado assunto. Desse modo, é possível identificar pontos fracos e que precisam de mais tempo de estudo, antes de fazer a prova definitiva. Sendo assim, a preparação será completa, diminuindo suas dificuldades em algumas áreas.

6. Perguntas e respostas

Outra técnica fundamental é utilizar perguntas e respostas, de modo a revisar os conteúdos estudados. A formulação de questões favorece o aprendizado, pois é preciso pensar para elaborar questionamentos inteligentes. Além disso, responder com as próprias palavras permite a compreensão, o domínio e a memorização das informações.

Durante o processo de elaboração das perguntas e busca pelas respostas, é normal encontrar assuntos do seu domínio e outros que ainda trazem dificuldades. Dessa forma, esse método também contribui para organizar e planejar o seu estudo, dando mais prioridade às disciplinas e aos temas que você não tem o desempenho desejado.

7. Autoexplicação

A autoexplicação é um método muito eficiente para conteúdos que exigem mais compreensão, ou seja, não são exatos. Ela funciona com a pessoa lendo sobre determinado assunto e explicando-o com suas próprias palavras. O processo pode ser feito diante de um espelho, para outra pessoa ou mesmo sozinho.

A melhor maneira de aproveitar esse método é quando a explicação é feita no mesmo período do estudo, pois o assunto ainda está claro na memória. Além de melhorar a compreensão dos conteúdos, a autoexplicação ajuda a promover a habilidade de comunicação e oratória.

Neste artigo, trouxemos algumas dicas de técnicas de estudo que podem ser úteis no processo de aprendizagem. De modo a escolher as alternativas ideais, é importante analisar suas características e entender quais métodos se encaixam em sua realidade. Se estiver em dúvida, faça testes com cada opção e veja qual se mostra mais eficiente. O importante é encontrar o que funciona para você e investir nessa metodologia.

Gostou das nossas sugestões? Então, aproveite e leia outro artigo que ensina como estudar atualidades para o Enem!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O ARQUIVO

Tags

No items found.
INSCREVA-SE PARA RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS

Receba as novidades em seu e-mail

Fique por dentro dos  eventos, notícias e conteúdos da Faculdade Arnaldo.

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.